iPad? Não, obrigado!

Neste post pretendo explanar o motivo pelo qual não pretendo “adiquirir” um iPad. Desde o  lançamento do iPhone 2g venho percebendo uma certa atitude da Apple que vem fazendo com que eu mais me distancie dela.

Para explicar meu ponto de vista imaginemos o seguinte cenário:

A empresa Watermelon constrói um software para locadora (adoro esse exemplo). O sistema, na sua versão 1.0, possui as funcionalidades básicas: CRUD obra, aluguel, devolução, CRUD cliente.

Durante a fase de análise da versão 1.0 foi questionado a possibilidade de adicionar a funcionalidade “reservar filme”. Após reuniões foi decidido que esta funcionalidade não iria na versão 1.0 e assim foi lançado o sistema.

Após inúmeras locadoras estarem utilizando o programa, usuários começaram a solicitar e perguntar sobre como lidar com o sistema quando se tratava de reserva. Visto que a quantidade de solicitações de usuários interessados nessa função a empresa então adicionou está funcionalidade ao sofware e o lançou na versão 2.0.

Na versão 1.0 o custo do produto era de 5.000,00 reais agora na versão 2.0 o software custará 5.500,00 reais. O detalhe interessante é que não existe atualização, quem pagou 5.000,00 pela versão 1.0, se quiser usufruir da nova funcionalidade terá que comprar a versão 2.0 no seu valor integral.

Lógico que este exemplo é um absurdo ainda mais tratando-se de software, seria o fim da empresa em Watermelon.

Porém, todo esse absurdo descrito acima, na minha opinião, é o retrato das atitudes que a Apple vem executando. Discordo totalmente dessa “estratégia” de lançar um produto carente de recurso básicos que, sem dúvida, foram previstos no desenvolvimento inicial.

Como uma empresa que investe tanto nos seus produtos lança algo carente desses recursos? A responta é simples: levar vantagem do hype que existe quando esses produtos são lançados.

Analisei bastante a real utilidade do iPad e não consegui achar vantagem em relação a um netbook. Como todos já estão cansados de saber, não possui leitor de cartão, webcam, etc… Não há motivo para pânico a próxima versão virá com algum desses recursos e teremos, novamente, todo o hype de lançamento e lá vão os appletards para a fila meia-noite para comprar novos iPads, agora com webcam. E assim como o exemplo esdrúxulo acima, você não pode “atualizar” seu iPad antigo tem que comprar um novo pagando o valor integral dele.

Não questiono aqui a qualidade e beleza dos produtos da Apple só não encontrei uma relação custo/benefício do produto incluindo ainda a carência dos recursos básicos acimas citados. A não ser que para você Status seja benefício.

E sim, se eu ganhasse um iPad aceitaria e usuaria porque, neste caso, a relação custo/benefício o custo é zero.

 

Anúncios