Exportar e-mails do Evolution para Thunderbird

00000110984-MozillaThunderbird10-largeEsta dica é para aqueles que, como eu, resolveu deixar de usar o Evolution e passar para o Thunderbird sem perder as mensagens já existentes.

Procurei bastante em diversos fóruns e sempre achava a pergunta mas nunca a resposta. Resolvi “fazer justiça com minhas próprias mãos” 🙂

Segue os passos (simples) para fazer:

– Crie um diretório com um nome qualquer ( de preferência um nome que lendo você saberá o que contém 😉 ), ex. /home/pessoal/imported-mails.

– Vá até o diretório ~/.evolution/mail/local. Neste diretório estarão inúmeros arquivos com nomes bem conhecidos (Inbox, Drafs, Send, Trash).

– Copie os arquivos Inbox e Send (porque Trash e Drafs não me interessavam no meu caso) para o diretório que você criou no primeiro passo. Haverão arquivos Inbox.msf, Inbox.cmeta etc… esses arquivos não são necessários.

– No mesmo diretório (~/.evolution/mail/local) contém um outro diretório Inbox.sbd, neste diretório contém arquivos com mesmo nomes das pastas criadas no teu Evolution (filtros). Assim como no diretório anterior haverão arquivos que iniciarão o nome com o mesmo nome das pastas do Evolution, esses arquivos não são necessários também.

– Copie os arquivos para o mesmo diretório criado no primeiro passo.

– Abra o Thunderbird, vá no menu Editar/Configurar Contas/.

– Na janela que abriu selecione “Pasta Locais” na lista da esquerda e do lado direito onde diz “Diretório Local” clique em navegar e navegue até o diretório criado no primeiro passo e clique em OK.

– Ao lado deve ficar o seguinte caminho /home/pessoal/imported-mails

– Feche e depois abra de novo o Thunderbird.

Todas as mensagens que estavam na Inbox do Evolution estarão na Inbox do Thunderbird (como não lidas) e, automaticamente, as pastas existentes (criadas por você) junto com as mensagens contidas nelas no Evolution estão no Thunderbird.

Espero ter ajudado.

[UPDATED] Dicas de bons PodCasts

Para aqueles que, como eu, gostam de ouvir um bom podcast, segue alguns dos quais possuem os itens que fazem com que sempre queira ouvir um novo episódio que são: frequência nos episódios, qualidade no áudio, humor, imparcialidade e principalmente bom conteúdo.

nerdcast

Nerdcast: Não lembro como cheguei até ele só sei que não consigo mais deixar de ouvir. Neste podcast tudo que você gosta de conversar com seu amigos nerds/geeks em comum você encontra aqui. Os convidados tem suas “qualidades” especiais, para cada tipo de assunto existe um convidado específico com conhecimento de “causa”. Mesmo assuntos os quais não tenho muita afinidade soam muito bem na forma como é demonstrada. Uma boa dica para quem quer conhecer história mais não tinha paciência para as aulas chatas da escola são os podcast de temas históricos, uma aula de aprendizagem. Para descontrair aconselho ouvir o podcast de carnaval. É importante assistir desde o episódio nro. 1, e não estranhe se você começar a falar “whatever”, “boring” e “ou não”.

phpspcast

PHPSPCast: Esse já é voltado para quem desenvolve web, principalmente com a linguagem PHP. Não tenho muito a dizer sobre ele pois é um podcast relativamente novo (2 episódios). O que posso adiantar é que os 2 episódios que ouvi são de ótima qualidade e tenho esperança que ele tenha muito que nos mostrar.  Fica a torcida para que exista uma frequência entre os episódios. Algo que ainda não consegui comprovar pelo pouco tempo de existência do podcast. Não sei como cheguei nele 😉

rapaduracast

RapaduraCast: Comecei a ouvir através de uma participação de um dos integrantes no NerdCast. Indicado para o pessoal ligado em cinema. Se você não perde uma estréia, independente do tipo de filme que você prefere assistir, é sempre bom ouvir o podcast RapaduraCast, os episódios são ricos em detalhes e os integrantes do programa têm um ótimo conhecimento do assunto. Já é um podcast efetivado com vários episódios e vale apena assistir os episódios antigos mesmo sendo sobre filmes já lançados.

filecast_normal

FileCast: O último que conheci e me arrependo muito de não ter descoberto antes. Era um podcast voltado para o pessoal do compartilhamento de arquivos (NÃO PIRATA E SIM COMPARTILHAMENTO). Muito divertido e informativo infelizmente foi descontinuado. A alegação do pessoal se deve a tratar desse assunto polêmico (ou não). Tal assunto impossibilitava a aquisição de inúmeros patrocínios e parceiros. Porém existe outro projeto do mesmo pessoal (Bau Pirata), apesar de ainda não escutar nenhum episódio, muito provável que seja tão bom quanto o FileCast. O bom é que existem 64 episódios do FileCast para ouvir (rir e aprender) antes de começar a ouvir o novo projeto do pessoal. O FileCast descobri por acaso pesquisando alguns podcast relacionado a TI no meu iPod.

Existem inúmeros outros podcast bom de ouvir de inúmeros assuntos. Algo interessante entre os podcast que ouço é o fato de não existir uma concorrência entre eles. Todos são unidos e sempre indicam uns aos outros para ouvir. Isso ajuda a achar bons podcasts. Outra conclusão que tirei é que os melhores podcast são os “amadores” (em tese pois a qualidade é profissional), podcast de portais tendem a ser meio chatos e por demais tendenciosos.

Era isso!

Não sei porque percebi que havia esquecido de mais um podcast que ouço.

teste

GuanabaraCast : cheguei a ele através de pesquisa por podcasts de tecnologia no iPod. Esse podcast contempla com louvor os itens necessários para ser um podcast de qualidade citado logo acima no início desse post. Resumidamente, trata de todos assuntos na área de tecnologia pautas muito boas. Também, altamente recomendado.

Firefox 3.5 (beta 4) sai na frente

feature-logoEm matéria da revista INFO do mês de Julho “A Guerra dos Browsers” o Firefox, mais uma vez, sai na frente. Competindo com adversários de peso como Safari 4 e Opera 10 beta, ele alcançou ótimas marcas. Uma das marcas que me chamaram atenção foi no desempenho com 10 abas abertas. Enquanto Opera ocupando 163Mb e Safari com 124Mb o Firefox não passou de 100Mb. Já o nosso amigo IE 8 chegou aos 234Mb (parabéns!!!). Na execução de JavaScript a briga é mais nivelada exceto pelo Safari 4 que dispara na frente (Mais uma vez IE 8 fica ficou nos 2477ms). Como não existe Safari 4 nativo para Linux, este descarto para efeitos de escolha. Assim como a INFO fico com o Firefox atingindo 0.6 pontos a mais que seus concorrentes. E vale lembrar que a versão testada era uma versão beta.